9 de abr. de 2020

Uma mente séria





Perceba que há pessoas que ficam perturbadas quando você ri.

Elas gostariam de lhe ensinar que a vida não é uma brincadeira.

Essas pessoas estão doentes.

Elas perderam a vida e não querem que ninguém a desfrute.

Elas escolheram o ego, contra a vida.

Se você escolher a vida, elas ficarão contra vc.

Elas irão reprimi-lo, irão condená-lo, criarão culpa em você.

Nenhuma calamidade maior pode acontecer à humanidade do que esta que tem acontecido através das religiões.

Elas criaram uma consciência culposa.

Dessa forma, sempre que você está desfrutando alguma coisa, em algum lugar lá no fundo, você começa a se sentir culpado, como se estivesse fazendo algo errado.

Sempre que você ri, nunca pode rir na totalidade porque, lá no fundo, algo vai puxando você para trás.

Desde a mais tenra infância, sempre que você esteve feliz havia uma pessoa para lhe ensinar que a vida não é só brincadeira.

Pare de rir! Fique sério! Quando é que você vai amadurecer? Cresça! Já é o bastante! Abandone essa tolice de criança.

Sempre havia alguém por perto para lhe ensinar.

Mas eles perderam... Eles não puderam desfrutar. Assim não podem permitir aos outros o desfrute.

É assim que de geração em geração, as doenças vão sendo transferidas.

Então, apodere-se de sua vida.

Veja que toda a existência está celebrando.

As árvores não estão sérias, os pássaros não estão sérios.

Os rios e oceanos são selvagens, e em todo lugar há alegria e deleite.

Observe a existência, ouça a existência e torne-se parte dela.

Então você se torna um amante – porque o amor só pode existir com um profundo respeito pela alegria.

O amor não pode existir com uma mente séria.

Com uma mente séria, o acordo é com a lógica.

Então não leve a vida muito a sério.

Seja sincero, mas não seja sério. Então, você será verdadeiro.

Você se tornará parte dessa grande brincadeira cósmica.

Por: Osho

**Conheçam nossas redes sociais**

Nenhum comentário:

Postar um comentário