22 de abr. de 2020

Estamos sendo testados...




Amados!
Nós, os habitantes do Planeta Terra, estamos concluindo o Ciclo de Expiações e Provas. Pelo menos nos últimos 350 mil anos, toda a humanidade passou pela dura sabatina da dualidade. Entre quedas e levantes, progredimos de tempos em tempos, mas também sucumbimos em épocas que marcaram profundamente a civilização terrana.
Quando os Arcontes chegaram aqui, encontraram um Mundo muito propício para que o seu poder de controle e manipulação, pudesse dominar todas as consciências humanas. Alguns, encarnando como híbridos, outros permanecendo como entidades etéricas, formaram uma grade tão espessa que tornou refém toda a humanidade.
Submetidos à um extremo controle da mente através do véu do esquecimento, os humanos entraram na roda de samsara, ou seja, na roda das sucessivas encarnações.
Muitos perguntam: "mas porquê o Criador permitiu isso"? Na verdade, Deus não interfere nas consciências em experiência da dualidade, pois o livre arbítrio é respeitado. A única garantia que cada Espírito encarnado aqui tem, é que um dia, ele conseguirá a sua ascensão. O tempo vai depender dos seus esforços; de mais ninguém. 

Então. nos, que já temos centenas ou até milhares de sucessivas encarnações por aqui, aprendemos muitas lições. Uns mais, outros menos. Entretanto, chegou o momento final deste grande ciclo. É hora das últimas provas e da avaliação coletiva e individual de todos os Espíritos aprendizes que aqui vieram em busca de aperfeiçoamento. 

Se por um lado, estamos sendo avaliados no nível de consciência, também estamos sendo colocados em prova pelos dominadores, conhecidos como "os escuros".

Os escuros sempre tiveram a sua cúpula no Astral da Terra, portanto, fora da fisicalidade. Entretanto, seus braços físicos, foram muito bem representados por humanos encarnados, que por ter sua vibração de consciência alinhada ao poder e controle, sempre foram bem sucedidos em suas escaladas dentro da hierarquia de comando. Não só dentro dos governos, mas também em todos os setores, Mídia, Justiça, religiões, sistema financeiro, indústria farmacêutica, Ciência, Arte e Cultura, etc. 

Esse controle dos escuros, dominou a raça humana por todos os tempos, mas principalmente nestes últimos 350 mil anos. Isso fez com que eles acreditassem que seriam imortais e perpétuos no comando do Planeta Terra. E cada vez mais foram apertando o cinto no pescoço de cada ser humano.

Tal liberdade permitida pela Luz, chegou ao extremo nas últimas décadas. Isso fez com que os escuros extrapolassem os limites da crueldade inimaginável pelas consciências mais justas. Os testes finais desta crueldade, poderemos ver de forma mais nítida no decorrer deste ano. Tudo virá à superfície para que possamos entender como de fato a humanidade esteve submetida às mais atrozes experiências.

O último ato desta classe dominadora vemos de forma nítida e clara nos dias atuais. Estamos passando pelo teste do medo. Usando muito bem a Mídia que é o seu tentáculo maligno, através do seu jornalismo dissimulado, colocou toda a humanidade de joelhos. Pelo artifício do medo, conduziu todos os humanos como se fossem cordeirinhos adestrados. Isso foi o teste que precisavam para saber até onde poderia ir o seu controle de fato. 

Tanto conseguiram que acreditam piamente na vitória. Já se pode notar os seus representantes estrategicamente colocados em cargos de algum poder, em todos os países do mundo. Muitos, mal esperaram o resultado final e já se adiantaram em suas loucuras de controle e manipulação, como verdadeiros facínoras ditatoriais. Mas não temam, pois eles estão enganados. A reviravolta logo virá e colocará um fim neste falso circo.

Por outro lado, a Luz que sempre vence e vai ser instada aqui agora de forma definitiva, jamais abandonou o Planeta Terra. Mesmo permitindo todas as liberdades para que cada civilização ou individualidade cumprisse o seu aprendizado, sempre teve em seus planos, a evolução e a ascensão dos Espíritos que aqui aportaram. 

Houveram oportunidades de ascensão muito antes, principalmente nos tempos da Lemúria, de Mu ou de Atlântida. Naquelas ocasiões, a massa crítica de despertos não foi suficiente para equilibrar as forças. E em todas elas, a destruição foi a resultado final. Civilizações inteiras com seus continentes, afundaram nos oceanos, a fim de permitir um novo recomeço. 

Agora, estamos sendo testados pela última vez. É certo que a massa crítica de despertos já pode ser comemorada, pois isso já aconteceu nos Planos mais elevados. A questão é definir o tempo para que se torne realidade por aqui, no físico. E isso vai depender da humanidade encarnada. Quanto mais rápido nós nos envolvemos e decidimos seguir no apoio da Luz, mais rapidamente chegaremos ao patamar superior para adentrar na Quinta Dimensão. 

Estamos sendo testados nos exames finais. Nas provas mais decisivas, porém, rápidas. Não há muito tempo disponível. 

A Luz aproveita todas as oportunidades. Como essa da pandemia, por exemplo. Qual o aprendizado que podemos obter disso tudo? Como coletivo e como indivíduo?

Como coletivo, a certeza é que venceremos, pois nada mais vai deter a ascensão planetária. Como indivíduos, depende de cada um. Aqueles que tentam voltar ao que era antes, não terão sucesso. O antes não existe mais! O tempo da competição acabou! O homem material não existe mais. Agora, começa um tempo de cooperação, e entramos na Era do Homem Espiritual. 

Seremos testados em todos os aspectos, pois a separação do joio e do trigo já acabou. Agora é o tempo de recolher as sementes. Muitos já se definiram. Outros têm a oportunidade agora. E mesmo que uma parte também se definiu como joio, há ainda os que precisarão de mais alguns testes para se definir. Por isso, outras lições poderão vir para o grupo dos indecisos. O arrebatamento não é compulsório; ele é voluntário. Por isso, enquanto houver indecisos, haverá testes. E provavelmente, cada vez mais duros. Ninguém poderá alegar depois que não teve oportunidades. Todos são testados até que se esgote todas as possibilidades. Os tempos são chegados! Nunca como agora, a parábola foi tão adequada: "QUEM TEM OLHOS PARA VER E OUVIDOS PARA OUVIR, QUE VEJA E QUE OUÇA". 

Eu sou Vital Frosi e minha missão é o esclarecimento. 

Namastê!

**Conheçam nossas redes sociais**

Nenhum comentário:

Postar um comentário