6 de abr. de 2020

Ainda há tempo


Na prepotência e na ilusão de superioridade, a humanidade esqueceu completamente de reconhecer suas próprias raízes, suas origens.

Esqueceu de apreciar o som da chuva, admirar um belo céu estrelado, o nascer do sol; esqueceu de agradecer e de cuidar dos rios que oferecerem a água que sacia a sede de todos.

Esqueceu de cuidar da terra que dá todo o alimento.

Esqueceu do valor do amor incondicional e do perdão.

O julgamento tomou conta de todo o globo planetário.

Julgaram-se superiores às demais raças que coabitam o mesmo planeta, abusando e sacrificando muitas vidas para manter o seu status quo falido e seus anseios do ego em um sistema extremamente injusto e desigual.

Sobrevivem achando que estão vivendo realmente.

Fingem não enxergar a dor daqueles desprovidos de cuidados básicos, desprovidos de casa, comida, amor, saúde…

O ego transforma-se no pior vírus caso não esteja a serviço do grande espírito criador, pois não enxerga que a verdadeira vida é a espiritual.

Alguns irmãos encarnados esqueceram-se de ações passadas.

Outrora entregaram cobertores contaminados com vírus mortal a inocentes nativos de tribos diferentes.

Alguns estão pagando na mesma moeda neste momento.

Uma partícula minúscula é capaz de colocar a prova a ilusão da soberania humana sobre a terra que agoniza perante tantas atrocidades.

O homem branco peca por se sentir superior a própria natureza que lhes deu a vida.

Esqueceram-se que toda ação é cobrada seja agora ou em vidas futuras.
A reencarnação é um grande ciclo de aprendizado para a infância espiritual através da roupagem ego. Não é um passeio.

Este momento planetário não é o fim. Vocês ainda terão muitos eventos maiores em um futuro próximo.

Todos vocês, sem exceção, escolheram estar aqui neste momento para aprenderem a amar sem julgar, a acolher, a compreender a lei maior.

Observem a tranquilidade e o olhar das crianças…

Não adianta procurarem culpados. Por mais que alguns seres que negam o amor e a ordem cósmica, sejam capazes de criar armas biológicas por interesses de poder e controle, eles são apenas fantoches de uma vontade superior ao julgamento humano na dualidade.

Há uma permissão cósmica em tudo.

Existe uma ordem no caos.

Vocês tem a chance e o poder de alterarem a realidade em que vivem através do amor e da compreensão da lei maior.

Não esperem perder a liberdade de ir e vir para compreenderem o valor da liberdade.

Não esperem perder entes familiares para compreendem o valor das relações.

Não esperem perder alimentos para compreenderem a dor de quem sente fome.

Em sua ilusão de superioridade alguns seguem julgando erros alheios, mas esquecem completamente que só o fato de estarem encarnados em um planeta de terceira dimensão, demonstra o quanto é necessário evoluir.

Ninguém está apto a julgar alguém. Ninguém tem a visão total de qualquer história.

Ainda não é o fim, mas considerem como um aperitivo do que pode estar por vir caso não mudem a própria conduta para com o ser vivo TERRA que acolhe e alimenta a todos sem excluir ninguém.

Ainda há tempo.

Por: Caboclos de Aruanda - Mensagem recebida em 18/03/2020.

**Conheçam nossas redes sociais**

Nenhum comentário:

Postar um comentário