23 de jan. de 2020

"Trabalho feito"! E agora?



É comum os consulentes chegarem no templo de Umbanda e dizerem que têm "trabalho feito" contra eles. Essas pessoas acreditam ferrenhamente que foram alvo de rituais macabros, trabalhos de magia negativa, quando não são de opinião que os seus nomes e pertences foram colocados em despachos. 
Se encontram abatidas e realmente enfeitiçadas pelo seu próprio poder mental, pois na maioria das vezes não há nenhum trabalho feito e sim exagerado medo diante de algo que não compreendem. Os diagnósticos do "lado de cá", quanto às possibilidades do que os filhos chamam de "trabalho feito", são amplos, sendo que o realizador da obra macabra pode ser o próprio adoentado. 
É importante compreender o que uma expressão simples às vezes causa. Quando os filhos ouvirem "trabalho feito", quer dizer somente que alguém praticou magia negativa contra outro, mas pode ter sido gerado, atraído ou mesmo criado pela própria vítima. Vigiem os pensamentos! Fiquem sabendo que diante das coisas ruins que acontecem diariamente, é uma atitude simplória concluir que tudo é trabalho feito. O simples fato de os filhos consulentes, na Umbanda serem dessa opinião, já abre a guarda e a sintonia para o Astral Inferior, facilitando as suas atuações maldosas pelo temor descabido.

Por: Ramatís - in Evolução do Planeta Azul

Nenhum comentário:

Postar um comentário