9 de out. de 2019

Oxum me contou...

  

Oxum me contou que a vida nem sempre é feita de flores. Toda cachoeira tem sua queda d'água, mas depois dessa queda a água se transforma em um lindo rio que sacia a sede de milhares de pessoas. Esse é o ciclo eterno, Oxum me contou, a queda sempre nos tornará mais fortes e sábios para poder ajudar com nossos ensinamentos pessoas que vem beber de nosso conhecimento. 

Oxum me contou que seus filhos nunca andarão sozinhos. Por mais que o caminho pareça estreito e sem saída, Oxum irá lhe guiar para achar a solução de seu problema. Oxum é uma mãe zelosa, que ama e protege seus filhos, independentemente da situação. Seus filhos são seu ouro mais precioso que precisam ser cuidados.

Oxum me contou que seus filhos nasceram para se entregar ao amor, mas que não nasceram para serem pisados por ninguém. Nunca magoe o coração de um filho de Oxum, assim como o rio que você não pode tocar na mesma água duas vezes, assim são os seus filhos. Uma vez magoados, eles nunca mais retornarão aos braços do traidor. 

Oxum me contou que seus filhos tem uma personalidade muito forte. Alguns diriam que são mimados, mas eu diria obstinados. Tudo o que eles querem, eles conseguem. Eles lutam e batalham cada segundo para atingir os seus objetivos. Eles são guerreiros também! Pra quem acha que Oxum não vai a guerra, está redondamente enganado. Oxum e seus filhos são tão astutos que eles vencem uma batalha antes mesmo dela acontecer, através de sua inteligência e de seus feitiços.

Oxum me contou e pediu para te dizer que por mais que a vida esteja complicada e difícil: não desista! Acredite na força e no axé de sua mãe que tudo vai se encaminhar! Filho de Oxum não fica no chão e você não é uma exceção! Deixe que Oxum cole cada pedacinho do seu coração com o seu mel. Deixe que Oxum aqueça esse mesmo coração com o seu dendê. Sua mãe estará sempre ao seu lado, ela é a única que nunca irá lhe abandonar. Confie e viva uma vida de encantos ao lado de seu orixá! 
Oxum te ama, não se esqueça disso nunca!
 Ore Iye Iyê Ô.

Por: @filhosdocandomble / @adeloyamagnoni

Nenhum comentário:

Postar um comentário