14 de ago. de 2019

Olhar de um preto-velho



Quando um Preto-Velho olha para ti, é como se olhasse para dentro da tua alma. É impossível mentir, fingir, dissimular... Ele simplesmente sabe o que se passa contigo e você lê isso nos seus olhos.

Quando um Preto-Velho olha pra ti, é como se o amor se derramasse em cima da gente inundando o teu coração de ternura e paz, não deixando espaço para a dor, que parece ser expulsa de dentro do seu corpo em forma de lágrimas.

Quando um Preto-Velho olha dentro dos teus olhos tudo de ruim, feio, reprimido se solta e você é compelido a chorar e lavar a dor que tinha dentro, para que o amor tome o lugar.

E então o Preto-Velho fala...

Quando ele fala contigo daquele jeitinho simples, parece que desvenda a tua alma. 

Quando ele pergunta 'o que a fia precisa?', é como se ele já soubesse exatamente o que a gente precisa. Nessa hora, é impossível mentir, porque você já está calmo, transparente das máscaras do dia a dia, tua alma está ali, nua, na frente do Preto-Velho e ele sabe exatamente o que você precisa, mas quer só testar para ver se você também sabe...

Então você fala e o Preto-Velho te ouve.

E acontece algo inesperado nessa hora. Quando a gente começa a falar, pensa tudo o que quer dizer, mas diz outra coisa diferente. Porque naquela hora que o Preto-Velho desnudou a tua alma, limpou as tuas mágoas e te olhou com aquele olhar calmo e cheio de ternura, a gente se deu conta do que realmente precisa, do que realmente nos aflige, do que realmente importa...

É como se a tua alma falasse, não mais o teu cérebro ou as tuas máscaras sociais.

E eis que lá está você, ajoelhada na frente de um Preto-Velho com as mãos pousadas em seus joelhos, feito criança falando com o vovô querido...

E então o Preto-Velho te aconselha.

E quando um Preto-Velho aconselha, é como se ele não estivesse falando contigo simplesmente, mas estivesse falando com uma versão tua muito mais antiga, que nem a gente mesmo conhece. E ele fala uma ou outra coisa que fazem pouco sentido na hora, mas que mesmo assim, algum pedaço do teu coração, compreende perfeitamente. 

E quando a consulta termina, você sente na mesma hora a transformação dos sentimentos.’

Por: Autor desconhecido.
Fonte: @ig.filhosdearuanda
Ilustração: @oradia_ncp

Nenhum comentário:

Postar um comentário