25 de jul de 2018

Carta de Yemanjá a suas filhas




Hoje eu sai do mar para falar especialmente com você...

Já venho há algum tempo tentando falar com você através dessas escritas e venho observando o teu comportamento sobre as coisas que estão acontecendo em tua vida.

Escolhi a pérola mais linda do mundo, te vesti de esperança, e te trouxe ao mundo para você aprender a andar... Até então você morava aqui comigo. Mas Olorum lhe deu uma missão, a qual tem de ser cumprida, e desde então, fiquei responsável por você aqui na terra. Sei que as vezes é difícil para você viver aqui, pois você as vezes sente que não é daqui, sente-se sozinha, acha que sempre está incomodando os que estão ao seu redor, e sendo assim, você fica em uma tristeza profunda e só sabe chorar e me chamar. 

Meu coração aperta, pois você é minha filha, aquela que eu movo mares e mares para te defender de todo o mal que te cerca. Mas você precisa aprender a viver assim ! Você ultimamente tem se decepcionado muito, se magoado muito e dado muita importância à coisas que não merecem sua atenção. E isso tem te distraído da sua verdadeira missão... Você me chama com frequência e as vezes acha até que não te ouço, mas eu te ouço sim, ouço cada súplica sua, vejo cada lágrima sua, e tento sempre te mostrar que você precisa ser mais madura. Minha filha, o mundo é cheio de maldades, há seres humanos que só querem fazer o mal e por muitas vezes você com seu coração ingênuo, acaba caindo, porque não acredita na maldade do ser humano. Mas eu sempre tô tentando te mostrar... Sempre tô te levantando, sempre tô enxugando tuas lágrimas e movendo meus mares para te purificar.

Eu preciso que você seja forte, eu preciso que você reveja bem suas amizades, eu preciso que você se doe menos e se ame mais. Eu preciso disso minha filha. Eu preciso que você aprenda a ser mais maliciosa em relação ao mundo. 

Sei o quanto é difícil, mas você consegue, eu estou ao seu lado.


Fonte: União da Luz