16 de mai de 2018

Desiluões...




Desilusões são indicadores do despertar da Consciência.

São evidências que o ego não consegue mais te levar ao que ele acha que você precisa. 

Desilusões são viradas! 

Desistências revigorantes!

Rendições!

A vergonha de desistir cessa.

Então... Desista! 

Desista daqueles objetivos insistentes! 

Desista daquela imagem que parece gloriosa! 

Desista daquele romance idealizado que não sai da tua cabeça!

Desista daquela posição social renomada!

Desista daquele corpo capa de revistas!
Desista de ilusões promissoras e convincentes! 

Desista do que você não precisa!

Não tema o "vazio"! Ou tema! Tanto faz...

O medo não é você!

Deixe ir a disciplina porque ela está carregada de tensão.

E a tensão não te ajuda, não te leva...

Ela te empurra, te joga, te atropela... 

Abandone-a!

É seguro soltar!

É seguro desistir! 

Volte para o espaço aonde tudo flui sem resistências, sem ansiedade... 

Volte para a Confiança do Agora!

É no relaxamento interno que você acessa a fonte da criatividade instantânea.

É no Agora que você encontra clareza para ver as perspectivas REAIS.

A aceitação que você tanto almeja só pode vir de você mesmo, na serenidade deste instante.

Você não precisa de conquistas para provar o que você É! 

Conquiste a si mesmo! 

A liberdade de SER!

E tudo o mais chegará até você!


Por: Valéria Lapel