17 de abr de 2018

A cigana 7 Saias




A cigana 7 Saias tem esse nome por usar uma saia composta por sete cores diferentes.

Sua lenda conta que essa Cigana, quando criança, viu pela primeira vez o arco íris e ficou tão encantada que pediu a sua mãe que fizesse uma saia com aquelas cores. Sempre foi muito bonita, gostava de usar joias douradas e flores no cabelo. Tocava pandeiro e se saía muito bem na arte de jogar cartas e na leitura de mãos. Sua família viajava muito e, em uma dessas viagens, a Cigana 7 Saias conheceu aquele que foi seu grande amor. Porém ele era um gadjo, ou seja, um não-cigano.

Apaixonaram-se perdidamente e pensaram até em fugir. Mas na tradição cigana esse amor era impossível. A Cigana 7 Saias contou a sua família o que se passava em seu coração, e obviamente foi reprimida, e seu pai, já decidido a casá-la com outro cigano a quem já havia prometido a mão, resolveu levantar acampamento e ir de encontro a outra família. A Cigana 7 Saias, muito triste, nem pôde se despedir de seu namorado, pois ficou fechada em sua tenda sendo vigiada até o dia da viagem.

Durante o percurso uma dor insuportável tomava seu peito, pensando por que o amor tinha de ser tão cruel? Tão dolorido? Apenas a tristeza lhe tomava o peito, um enorme nó na garganta, assim nem conseguiu comer. E isso continuou por dias... Dias e dias... Até chegarem ao local aonde a outra família estava instalada.

Seus pais pensavam que esse amor de jovem passaria, e que ao conhecer seu noivo, a Cigana 7 Saias se encantaria novamente e seria muito feliz. Afinal já haviam visto tantos casos de ciganas que ameaçavam fugir, se matar pra não casar com o noivo escolhido pela família e depois estarem felizes no casamento. Esperavam isso pra filha deles.

Contudo não foi isso que aconteceu. A 7 Saias continuou na sua tristeza profunda, reclusa, sem se alimentar direito, apenas com aquele olhar triste e perdido para o céu.

Até que chegou o dia do casamento... A família, que esperava naquele dia estar festejando o enlace da filha tão querida, estava ferida no coração, com muita dor. A família do noivo recebeu, então, ao invés da noiva tão esperada para o filho, o corpo de uma jovem e bela cigana morta. Então ao invés de casamento, as duas famílias celebraram um funeral.

Como ultima homenagem, a mãe vestiu 7 Saias com sua saia favorita, a que tinha 7 véus coloridos como o arco íris.

Assim, seu espírito ajuda aqueles que sofrem com problemas de amor, pede pra Dona 7 Saias que ela lhe ajudará. E o que ela une nada irá separar... 

Salve a Cigana 7 Saias!


Fonte: União da Luz