31 de jan de 2018

Defumador – Um instrumento de poder e magia



Defumar é o processo natural onde se colhe ervas secas, resinas, pós e outros materiais que, ao serem queimados irão liberar fluidos e elementos que agem em vários aspectos e situações. A origem do defumador é desconhecida. Sabe-se que a prática de queimar folhas e resinas aromáticas para intenções espirituais, é tão antiga como a história do homem na terra e não estando vinculada somente as culturas das religiões afro descendentes, como costumam associar popularmente. Sabe-se que os egípcios, sumérios, romanos, chineses, indianos em épocas remotas já possuíam técnicas bem avançadas de defumação. Atualmente a defumação é prática usada nas religiões afro-descendentes, mas não são somente estas, até a igreja católica faz uso dessa prática. 

Os aborígenes australianos queimavam eucalipto para a purificação e afastamento de maus espíritos. Os índios norte americanos usavam diversas formas de defumação, incluindo de folhas secas de sálvia para rituais sagrados e afastamento do mal. Para a Umbanda o defumador é indispensável ferramenta que compõe nossas aplicações mágicas, tanto servindo para atuar energeticamente transformando, condensando e purificando a energia do terreiro, como para evocações.


A importância do Defumador

Quando são queimados os elementos que contém no defumador, substâncias sutis são liberadas e agem no ambiente ou no individuo que está recebendo a fumaça, destruindo miasmas astrais, fechando buracos na aura, limpando, energizando, descarregando, dissolvendo, agregando energias. Tudo isso, irá depender do tipo de defumador que se fará mediante aos materiais usados.
O defumador age no ambiente, transformando seus padrões energéticos, trazendo ou dispersando energias que se quer. Ele prepara energeticamente os terreiros para a chegada dos guias, tem a função de descarregar um lar e mover energias. Tudo isso, pelas propriedades das ervas acionadas em conjunto com o poder mental de quem defuma e/ou do grupo, o qual irá direcionar o poder liberado pela defumação.

Onde devemos defumar?

Existem alguns instrumentos usados para a distribuição da fumaça, a qual é a mais usada o turíbulo. É um objetivo de metal ou barro parecendo um pequeno fogareiro. Sendo o mais indicado os de barro, já que os de metal, liberam substancias das paredes de seu interior que podem alterar a ação dos elementos naturais. Já os de barro concentram o calor e a energia do fogo liberadas no seu interior, contraindo para si, a ação magnética que o carvão e o fogo faz puxando as energias do ambiente e das pessoas, dissolvidas pela ação das substâncias queimadas. 
Esse material faz parte do acervo do Terreiro de Umbanda Vovó Catarina e parte da nossa apostila do curso interno aos filhos da casa!

Por: Vovó Catarina