26 de set de 2017

05 motivos que atrapalham sua mediunidade



1. Soberba

Acreditar que você é melhor que outras pessoas e ter como costume humilhar ou ridicularizar pessoas ou irmãos a sua volta, com certeza não é um sentimento que irá fortalecer seu caráter e sua mediunidade. Somos todos filhos do mesmo Deus, dos Sagrados Orixás, e por isso devemos sim acreditar em nosso potencial, mas não ao ponto de subjugar ou usar disso como uma arma contra outras pessoas.

2. Julgamento - “Atire a primeira pedra quem nunca pecou.”

Julgar é fácil, e muitas vezes empolgante para alguns, mas de fato, o julgamento só faz com que você, o julgador, jogue para dentro de si um sentimento de superioridade que é nutrido pela ilusão. Saiba respeitar o diferente e o que você não conhece, respeite a forma de cada um cultuar a Deus ou a forma com que a pessoa conduz sua vida. Julgar as decisões da vida de alguém é infantil e inútil, pois você não está vivendo a vida da pessoa na pela dela, você de fato não sabe o que passa em seu intimo, portanto o julgamento é falho e sem sentido. O julgador, como tempo, cria em volta de si um campo energético tão denso, com uma energia de desconfiança para as pessoas que o olham.

3. Fofocas e Intrigas

Pequenas fofocas, do dia a dia, se tornam um hábito sujo que impregna seu campo mediúnico e seus chacras com energias de falsidade e hipocrisia. Tome cuidado com sua língua. Um bom médium de Umbanda é uma pessoa feliz, sincera, mas em todos os momentos cuida da sua vida e se algo tiver que ser dito, se dirige a pessoa e a diga para ela. Falar pelas costas, ou fazer fofocas, aumentar histórias para criar intrigas entre irmãos, familiares e amigos, só faz seu brilho interno diminuir, pois se você faz isso, algo está errado com sua vida, e com certeza você não presta atenção ou cuida da sua própria vida.

4. Mentiras

Mentir para muitos é um habito e um atalho ou procedimento necessário para se viver nesse “mundão”, mas engana-se quem pensa assim, pois com pequenas mentiras do dia a dia e em grandes mentiras, grandes histórias mirabolantes, com o tempo você começa a acreditar em suas próprias mentiras, e de certa forma sua vida começa a ser uma mentira, uma história contada mas sem qualquer tipo de realidade. Ser verdadeiro e realista com o mundo, é algo que devemos trabalhar dia após dia. Existe um ditado que diz que a verdade doe, mas a verdade doe para quem não quer viver na realidade, e com certeza essa frase foi criada por uma pessoa que não gostava de houver a verdade. A verdade é Divina, é um sentimento que nos fortalece como seres humanos e nos deixam íntegros para que possamos obter um contato sério e coerente com nossos guias, mestres e mentores.

5. A culpa sempre é do outro.

Assuma suas responsabilidades. Este ato, de fato faz com que crescemos como pessoas, e médiuns, pois assumir seus erros sem culpa e sem raiva, entendendo que somos humanos e não perfeitos, o amadurecimento espiritual vem fácil. Tudo que acontece na sua vida é fruto de uma ação sua, ou seja, pare de jogar a culpa nos outros. Para de se justificar e aceite o erro e aprenda com ele. O amadurecimento da consciência faz com que sua mediunidade floresça aos olhos de Oxalá.

Cinco foram os motivos escritos aqui, mas ainda muito mais poderiam ser escritos, pois o Umbandista deve se conscientizar que o desenvolvimento da sua mediunidade depende e muito do seu desenvolvimento consciencial como pessoa, como ser humano. Sua mediunidade só será forte, verdadeira e integra se seu caráter for de verdade e não uma mascara mostrada para a sociedade.


Por: Nikolas Peripolli
Fonte: União da Luz