23 de ago de 2017

Médiuns Novos (Médiuns Iniciantes de Umbanda)


Venho falar hoje sobre alguns fatos que observado em alguns "médiuns novos"

É comum sentir medo, receio, a velha pergunta "o que é que eu to fazendo aqui no meio do terreiro, to ficando louco???"

Tudo muito natural, porém em alguns casos, existem irmãos que passam a se sentir donos de certos “poderes" não é tão incomum ouvir histórias do tipo "agora eu incorporo, então é só pedir tal coisa para meu guia que logo alcançarei...”

Mas o pior é quando o recém nascido médium passa a BRINCAR com os guias, o médium ainda está em desenvolvimento, na gira ainda, mas ele se envaidece tanto, que começa a achar que já está no “super nível” de pai de santo, ele passa a incorporar em casa por qualquer motivo, passa a querer dar consultas, e mal entrou na gira e já está "recebendo com firmeza", aí meus irmãos... mora o grande perigo, espíritos que gostam de brincar vagam por aí o tempo todo, como semelhante atrai semelhante, é muito fácil que esses espíritos se aproveitem desse irmãozinho desavisado...

Como o médium ainda está no comecinho de sua gira, não sabe ainda discernir as energias, pois ainda é tudo muito confuso, os guias diante de tal situação vão se afastando, até mesmo diante da energia que o médium apresenta, então quem vai se aproximar desses médiuns? Esses espíritos, e começam a brincar da mesma maneira, até que em determinado momento o guia chefe da casa tem de intervir e o médium passa literalmente VERGONHA!

Não adianta dizer: Ah mas eu não sei o que aconteceu, por que esse quiumba (cada um chama como preferir, costumo chamar de quiumba) se aproximou e tomou conta dessa forma...

 Ora meus irmãos, orai e vigiai, vamos analisar nossos próprios atos, ser médium é um dom maravilhoso, porém uma responsabilidade muito grande, a partir do momento que nos dispomos ao desenvolvimento estamos nos comprometendo com o plano espiritual, e eles não estão aqui para serem chamados para dizer se devo ou não aceitar um namoradinho novo, se devo ou não pedir aumento para meu chefe!!!

É certo que pedindo com fé o auxilio virá, em forma de sonhos, intuição, ou seja lá qual for a forma que eles encontrarão para nos auxiliar, mas ficar chamando o tempo todo é abuso, eles também têm seu trabalho a fazer no plano espiritual!!! Ficar brincando de receber Guia é um ato muito perigoso sem falar que é triste, pois está alimentando a vaidade!!

Quantos casos já ouvimos de fulano que estava em desenvolvimento e começou a chamar guias em casa ou na casa de amigos para consultas, e na hora que o " bicho pega " acaba se prejudicando e puxando para si cargas pesadas demais para seu grau mediúnico!!! E os que se utilizam de seus guias para amedrontar os da família? Ou para mandar e desmandar diante da CAPA do guia? Brincam com sentimentos e com a vida das pessoas! "Meu guia mandou dizer que é pra você não falar mais com tal pessoa" ou "Meu guia mandou dizer que é pra você fazer isso ou aquilo por mim que você será recompensado por ele" E o engraçado é que quando o guia vem em terra ele nem fala!!! Respeito, meus irmãos, não faça ao próximo o que não gostaria que fizessem a você, apenas respeite os guias e as pessoas igualmente!!!

Não é necessário ENDEUSAR o Guia, nem para si nem para os outros, esteja certo de que ele é muito mais humilde do que você pinta por aí, e nem está interessado em mandar e desmandar na vida pessoal de ninguém, é certo que diante de perigos eles nos irão alertar, mas daí temos o livre arbítrio de aceitar ou não o conselho!

Admiro muito as casas que dão "educação" a seus filhos de santo, é importantíssimo que os médiuns sejam devidamente orientados para que não caiam nesse tipo de armadilha armada por eles mesmos e pela vaidade que alimentam!! E ainda assim, não duvidem sempre acontece com um ou outro, mesmo diante de uma orientação responsável e correta ainda erram... Porque?

Por serem humanos, todos nós estamos passiveis de erros, mas se formos orientados ou lermos em alguma "lista da internet" o que alguma maluca escreveu poderemos prestar mais atenção para não errar e sofrer lá adiante...

Abraços fraternos Taty - Grupo Povo de Aruanda

Calma, determinação, força, objetividade, confiança, espiritualização... Irmãos... um passo de cada vez! Mediunidade é coisa Santa e devemos vivê-la Santamente... Paz e Luz na Coroa de todos os Irmãos Médiuns de Umbanda.