11 de jun de 2017

Exu: Orixá ou entidade?

Imagem: Magia do Axé

AFINAL, EXÚ É ORIXÁ OU ENTIDADE?!

A palavra Èșù em Iorubá significa: "Esfera" e aí começamos a entender quem ele é.

Exú é um orixá, filho de Iemanjá, mas também citado nos itãs sobre a criação.

Dizem os antigos que de Olodumaré teria saído 3 partes: Odùduwà, Obatalá e Esú. Os dois primeiros seriam os princípios fundadores de tudo, o terceiro o próprio movimento, que faria com que essas partes interagissem.

Muito se fala sobre a magia e esperteza de Exú, mas pouco sobre sua função. Exú é um dos senhores do fogo, senhor dos caminhos, dos tropeços da vida, do que é bom e ruim, é o senhor do desafio, é o que testará, o que te instigará a ser melhor que hoje.

Os demais orixás contém muitas virtudes que todos os encarnados almejam, como: coragem, beleza, poder, mas e Exú?! Exú é o orixá mais próximo do ser humano e quem fará todos esses aspectos dos seus orixás regentes se manifestar! Ele é o princípio ativo que fará desenvolver suas virtudes e defeitos, dependendo de como você encarar a vida! Ele caminha acima dos aspectos da bondade e da maldade que estipulamos como certo e errado. Ele é a vida nua e crua, sem firulas.

Mas, irmão, e as entidades de Umbanda? São Orixás?! Não, não são. Os exús e pombagiras da Umbanda são espíritos humanos que trabalham dentro da energia do orixá Exú. Isso quer dizer que eles podem usar os atributos magísticos do orixá para suas determinadas funções, agindo junto ao ser humano, como o mesmo.

Afinal, essa é a função de exú: desenvolver o ser humano, transformar, evoluir, levar a frente.

Por fim, repito aos que tem preconceito com esse ou aquela forma de interpretação do orixá / entidade: EXÚ NÃO EXCLUI! EXÚ INCLUI!

Sejamos humildes perante nossos irmãos e perante tudo o que não sabemos.

Laroiê Exú Mojubá! Laroiê Exú Ê! :)