9 de jun de 2017

Cuidando do nosso padrão energético para uma gira!

Para orientar melhor os neófitos de nossa casa, criamos uma cartilha onde passamos os valores que aprendemos com nossa mentora espiritual Vovó Catarina, a qual deu a nossa dirigente, todas as orientações e ensinamentos para estruturar o nosso Terreiro. E mediante a esses mesmos ensinamentos, foi criada nossa cartilha. E um ponto muito importante que zelamos em nossa casa, é o cuidado para o preparo dos médiuns para uma gira de Umbanda.

Claro que cada casa tem seus preceitos e orientações. Não somos donos da verdade, nem o que colocamos aqui deve ser seguido por todos, mas tal somente, pode servir para agregar conhecimento a quem busque aprimorar leituras
sobre a lida mediúnica num Terreiro e a seriedade que envolve esse labor , o qual , devemos nos preparar física, e mentalmente pra isso!

O que nos foi orientado...

Cuidando de nosso padrão energético para a gira
  • Nutrir bons sentimentos deveria ser uma preocupação constante em nossos corações. Mas orientamos que um dia antes da gira, foquemos e elevemos nossos sentimentos para a fraternidade, caridade e amor ao próximo. Pois sentimentos nobres e elevados, geram um alto padrão energético de vital importância para um trabalho mediúnico. Sentir-se fraternal perante seus irmãos da corrente e os que buscarão socorro espiritual. Na noite antes da gira, ao deitar, pratique a meditação e a oração, eleve seu pensamento a Deus e a espiritualidade superior. Peça a Oxalá; luz, orientação e proteção para os trabalhos que serão realizados. 
  • Descarte e evite ao máximo: aborrecimentos, brigas e discussões desnecessárias. Sentimentos mesquinhos e pequenos, mágoas, agressividade e irritabilidade. Na noite antes da gira, se sentir dificuldade para relaxar, meditar e ter um sono tranquilo e em paz, tome um banho calmante de camomila, erva cidreira e rosa branca. E beba um chá de capim limão e erva doce. Ou se preferir, um copo de leite morno ao deitar. Mas procure sempre ter uma noite de sono tranquilo e bem dormido. Deite-se cedo e faça uma alimentação leve no jantar. 
  • Cada membro da corrente é de suma importância para o bom nível e harmonia da energia que se estabelecerá durante os trabalhos. Independente se este irá incorpora ou não, estaremos atuando mediunicamente doando e recebendo energias uns dos outros e de nossos guias. Por isso, é tão importante manter-se em estado de elevação de pensamentos, concentração e sentimos elevados, pois são tais posturas que fazem toda a diferença para uma atmosfera energética em alto nível vibracional, objetivo primário para a harmonia, boa sintonia com nossos guias de luz e espíritos elevados, assim como estabelece toda a força dos trabalhos. Num ambiente onde todos “vibram” iguais, com os mesmos objetivos espirituais, as energias fluem para um bem comum, com um altíssimo padrão energético, que os espíritos de baixa vibração não quebram jamais, transformando um elo que dificilmente será vencido por influências negativas. Sendo assim, cada um de nós é responsável pelas energias do ambiente e a harmonia dos trabalhos. 
  • A concentração e respiração são fundamentais para entrarmos em sintonia íntima com nossos guias e as energias que deles emanam. Uma vez começado as invocação cantadas (pontos cantados) firmem seus pensamentos nessa sintonia e se desligue de todo o resto. Assim estaremos abrindo nossas portas mentais para a conexão com nossos antepassados e podemos sentir suas presenças. Não se esforce para se concentrar. Deixe as coisas acontecerem na medida em que se atem os pontos cantados, o bater das palmas, e as cantigas entoadas. Cada médium vai criando “suas chaves mentais” para entrar em transe e estabelecer a ligação com o plano espiritual. Mas tudo começa com o relaxamento, desligamento do mundo lá fora e fixando a atenção em algum elemento de ligação com a vibração que está sendo evocada.