5 de fev de 2016

O carnaval

carnaval, umbanda
O Carnaval é o período que a “Bruxa está solta!”. Mas o que acontece de fato nesta época?

Bem, existem espíritos que quando encarnados, se desequilibram e tomam o caminho dos vícios, contrário ao das virtudes. Muitos se viciam em álcool em sexo, drogas, etc. Ao desencarnar, estes espíritos continuam viciados, e andam perambulando por aí a procura de alguém que está bebendo, tendo relações sexuais, se drogando, para que através destas pessoas eles continuem alimentando seus vícios.

Como o inconsciente coletivo da população no carnaval é que “Está tudo liberado”, estes espíritos
são naturalmente atraídos em massa para os locais de festa. Quando bebemos, alteramos a nossa consciência para o pólo negativo, e passamos a atrair além dos espíritos viciados, os baderneiros (kiumbas), que estarão nos incentivando ao máximo para que façamos algo de errado.

Alguns espíritos viciados em sexo, chegam até a estimular os órgãos genitais de homens e mulheres para que eles sintam um desejo incontrolável de se relacionar, assim fornecendo a preciosa energia sexual a estes viciados.

Então não posso aproveitar o carnaval?

PODE. A felicidade é sempre bem-vinda. O que está vetado são os exageros.

Quer aproveitar?

Proteja-se. Umbandistas: Firmem suas Esquerdas, firmem suas forças, acendam a vela para o Anjo Guardião. Tomem banhos de ervas, façam magia.

Sabe o que está realmente liberado no carnaval?

Fazer suas proteções, seguranças, não importa qual for a sua religião, a sua crença.

Aos médiuns novos, vocês estão com um campo muito aberto. Portanto, se não se sentirem bem em algum lugar, NÃO PENSEM DUAS VEZES, saiam! Se sentir necessidade, não hesitem em procurar ajuda de alguém que seja capacitado para te ajudar.

Então, você curte o carnaval? Pode aproveitar, mas tenha consciência!

Não curte o carnaval? Este é um excelente período para você projetar tudo o que deseja para este ano!

Saravá!


Por: Carla Guedes