23 de mar de 2015

Mensagem de um Cacique

Um jovem ao fazer sua passagem carregou consigo muitas duvidas. E quando chegou em Aruanda perguntou ao belo homem alto que aguardava na porteira. 

- Posso entrar? 

Ele lhe deu um belo sorriso e tirou o chapéu e disse:

- Entra.

O jovem o seguiu e logo a sua frente veio um amável cacique que lhe disse:

- Seja bem vindo meu filho.


O jovem sorriu e disse: 

- Obrigado, mas tenho duvidas

O cacique em sua serenidade sorriu, e respondeu:

- Pode falar filho nosso tempo é longo.

Pois bem, quando me disseram que eu iria a terra teria uma missão de ajudar as pessoas disseram que seria muito "rico,bem visto e muito bem capacitado" com isso ajudaria muita gente que sete orixás me acompanhariam em todos os lugares por onde eu andasse então mandaram que eu fosse a sete lugares eu fui, mas pelo jeito não estavam lá, pois já estou de volta. eles não se apresentaram. olha respeitoso cacique.

Eu fui a casa de mãe barbara ela me disse que eu seria um grande homem, eu sabia que seria e que ajudaria as pessoas. bom isso não era novidade e ela também era tão esquisita usava um pano vermelho na cabeça tão velho que logo percebi que estava em lugar errado, logo peguei a mensagem mamãe Iansã não taria ali, agradeci e sai.

então fui a casa de uma tal mãe Aparecida bom lá sim só podia ter a vibração dos orixás, era lindo cheio de flores tinha um, cheiro ótimo logo percebi a presença de mamãe Oxum, mas quando eu fui falar com ela me disse muitas coisas mas mesmo assim disse que eu precisava de muito ainda pra chegar a ajudar as pessoas , nossa logo vi que ela era cheia de orgulho e que mais uma vez como teria que aprender se já vim sabendo disso.

então fui a casa de baba dona Ana .logo ao entrar Meu pai essa então não tinha nem seguidores como iria me ajudar , ai fingi que ouvi o que ela tinha a me dizer,porque como seria um grande homem não ´podia desprezar as pessoas,não fiz pouco dela.

Bom se eu não achar a resposta dos Orixás eu desisto acho que estou no caminho errado. Bom cheguei a casa de madrinha Janaína, lá encontrei uma velha senhora que não tinha vaidades

Só usava uma guia azul no pescoço veio me falar sobre amizade e respeito, bem já sabia metade das coisas que me disse mas ainda assim ouvi sem interromper porque era muito amável.
Achei que pudesse ser um sinal de Iemanjá mas não só por causa do cabelo comprido que ela tinha? Não ela não se apresentaria dessa forma, já estava pronto, então lógico que ela falaria diretamente comigo e sabia que Oxalá me mostraria o caminho. Então fui a casa de pai Lazaro, Pai jorge e Pai Sebastião, adivinharam nada, eles só queriam falar e falar mas me respeitar que é bom nada por serem pais de santo já deveriam saber que estava pronto.

Até que chequei a casa de Pai Jeronimo das pedreiras. Quando cheguei la vi uma placa que dizia assim: "Aqui os vencedores caminham e a justiça é feita." 
Bom fiquei muito feliz,mas acordei aqui.

Que explicação pode me dar majestoso cacique?

Meu filho,todos os lugares que passou foi vigiado por nós, em sua soberba e vaidade não deixou que enxergasse.foram sete visitas e sete orixás que como lhe foi prometido te acompanharam.O jovem não entendeu e disse:,mas eu ouvi a todos sem me desfazer.

O cacique sorriu e disse:

- Ouviu sim com os ouvidos da carne esqueceu de usar a alma, compaixão, amor e sensibilidade, estava tão preocupado com sua própria vaidade que esqueceu de perceber que podemos nos apresentar de varias formas, que o mais humilde se torna o mais sábio, você só ouviu o que cabia em seu conceito de grande homem e perdeu a chance nesta vida e precisara voltar pra aprender que um grande umbandista ouve com o coração e a fé, mas pelo seu orgulho e ostentação, só ouviu o que lhe engrandecia, que era bom pra sua carne e enchia seus olhos. Ficou cheio de si e de preconceitos.

Bom agora sou eu que vos falo meu bom jovem; como seria um bom umbandista, um bom Pai de santo e ajudaria as pessoas se seu coração estava cheio de orgulho e vaidade, já imaginou quantos humildes e sujos e pés descalços, chagariam a sua tenda.o que passaria pra eles? logo acharia que estariam la por interesse em suas coisas ,ou talvez sugar sua energia.

Quando meu jovem as vezes só precisariam de uma palavra ou um caminho. O que daria a eles? sua divida ficaria maior.

QUERIDOS IRMÃOS: Muito cuidado com a vaidade da carne, o preconceito e o orgulho. Ajudar é dar ao consulente o que ele precisa ainda que isso seja o seu abraço.

Acolher não é o mesmo que adotar, cuidado com sua alto confiança, pois isso não faz parte da umbanda, as vezes somos levados a lugares diversos e mesmo sem esperar encontramos o caminho, aprenda a ouvir a nossas mensagens com olhos da alma e da caridade.

Quando isso acontece sabemos discernir o bem do mal, não o que nos convêm ou aquilo que nos assusta e muitas vezes nos julgamos incapazes e com isso trazemos a descrença sobre nós.
Irmãos: Quando a soberba aparecer na sua vida, esteja certo que o seu fim esta perto.

Oxalá e Pai Oxóssi abençoe


Por: Cacique Cobra Coral