8 de jul de 2014

Você realmente ama seu Orixá ?


Bom dia irmãos de fé, leitores e internautas curiosos.

Em alguns atos rotineiros e básicos, podemos ver a veracidade do amor de uma pessoa para com seu Orixá. Se ela realmente ama mesmo seu Orixá, se ela realmente o cultuo, se ele é realmente para a pessoa a fonte de vida e energia.


Vamos tomar como premissa a simples ideia do que é o Orixá:

  • Ogum: Também nas águas, na espuma do mar, no impeto de ser o primeiro, de guerrear, no ato da conquista.
  • Oxóssi: Nas matas, no verde, em tudo o que abrange o contexto de mata, no espírito da caça, do sustento, de prover a família.
  • Yemanja: Nas águas do mar, na maternidade e benevolência.
  • Oxum: Nas cachoeiras, nas águas doces, na doçura e fertilidade.

Como pode ver, cada um atuando e reinando num ponto de sua natureza, propriamente dito a essência em si da própria natureza, seus arquétipos e estereótipos adotados na personalidade humana, fazem com que cada divindade tenha suas próprias lendas e histórias. Como as guerras de Ogum, as caças de Oxóssi etc...

Resumidamente podemos convir de que Orixá é a própria natureza do mundo, a própria natureza regendo a vida e a cabeça de filho.

Mas você realmente ama seu Orixá ?
"- Sim, sou assíduo nos trabalhos, estou em dia com todas as obrigações, o Orixá está simplesmente em tudo na minha vida."
Bom, até ai tudo bem, você é um bom praticante da sua religião e realmente até ama suas divindades, mas...

Mas não devemos esquecer o que foi dito e concluído aqui em cima.
  • Orixá = Natureza. 
  • Amar Orixá = Amar a Natureza. 
Portanto antes de estar com tudo em dia, tenha certeza de que respeita e ama a natureza, de que você não é mais um dos milhares de seres humanos que a destroem e matam com atos inconscientes e rotineiros.

Uma bituca de cigarro, jogada ao vento na estrada, um lixo que pode ser recolhido no seu lugar apropriado de reciclamento, um banho demorado, um papel jogado na rua.

Simples atos que em sua consumação quando realizados por toda a humanidade, gradativamente destroem a natureza.

Vamos começar pelo básico, amando e respeitando a natureza, devolvermos a ela tudo da mesma maneira que ela nos renova e nos dá, amando a natureza estaremos amando nossos orixás e fazendo muito mais por eles.

Que Oxóssi abençoe a todos.

Abs.


Por: Arruda