27 de dez de 2013

2014 será regido por Xangô e Oxum.

xangô, orixá, umbandaSabemos que os Orixás são energias divinas criadoras, sustentadoras e direcionadoras, assim como sabemos que estas emanações atuam constantemente em prol de nossa evolução.


Para que haja essa evolução notamos que existe um projeto minuciosamente arquitetado, o qual, é cumprido com rigor e lógica. Toda esta movimentação energética vai despertando em nós tudo o que necessitamos para nossa evolução. Quando falo em evolução, não me refiro apenas à evolução pessoal e sim em todos os seguimentos que implicam a existência humana e, 2014, seguindo este projeto Divino, será regido por Xangô e Oxúm.


Xangô vêm trazendo em seu magnetismo a firmeza, o equilíbrio, a solidez, a necessidade de aprimoramento e a auto avaliação através do conhecimento. Esta energia nós despertará para a necessidade urgente de aprendermos o que realmente significa a Justiça Divina. Enfim, será o ano da conscientização e, não há outra forma para alcançá-la se não através dos estudos.


Lembramos que a energia de Xangô está ligada diretamente com os movimentos políticos, sendo assim, será um ano onde veremos muitas movimentações neste sentido o que cabe à cada um de nós estar atentos para exercermos nossos direitos e deveres cívicos com discernimento almejando o bem comum e não individual. Ou seja, cuidado ao usar de egoísmo ao fazer uma escolha, você poderá receber muito mais dissabores do que imaginava através de outros setores. Exemplo: Não vote em um político por ele sempre dar aumento salarial para a sua categoria, avalie toda sua atuação antes de pensar apenas em você.


Agora falando um pouquinho sobre Oxúm, que é a energia que oxum, orixá, umbandaequilibra nossas emoções, que impulsiona a aproximação e aceitação do próximo, que higieniza campos mentais e emocionais desajustados, que gera novas oportunidades de relações diversas, etc. É o orixá que estimula a união desprovida de pré conceitos através do amor fraterno.


Dito isto, vamos analisar o que tais energias exercerão sobre nós:


Será um ano onde deveremos nos atentar ainda mais com relação ao livre arbítrio das pessoas, fazendo o possível para não intervirmos na condução normal e espiritual da vida de cada um. Os estudos estarão borbulhando em torno de todos nós, novos conhecimentos chegarão à todo instante e a busca pela sabedoria e discernimento deverão ser o ponto chave. O convívio com o novo, com o diferente, com o desconhecido também estará em alta nos moldando a aceitação.


Sabemos que as polaridades complementares de Xangô e Oxúm, são Iansã e Oxumaré, e isto deixa todo esse processo de evolução mais perfeito ainda. Para abrirmos nossos mentais para novos conhecimentos e aceitação (Xangô) precisamos que as coisas se movimentem (Iansã) em torno de nós, precisamos estar equilibrados emocionalmente (Oxum) para poder absorver o que chegará até nós, precisamos estar abertos para a renovação (Oxumaré) de conceitos e hábitos.


Um dos ensinamentos que virá com a força magnética de Xangô é a compreensão que a Justiça Divina não é essa justiça vingativa e punitiva que conhecemos. A Justiça de Xangô é evolutiva, ou seja, ela só será aplicada no momento correto onde o espírito estiver em condições para o despertar, no sentido de aprender a lição necessária. Sendo assim, o tempo para que isso ocorra não é o nosso, a forma que esta aplicação se dá, não é a que desejamos. Tudo tem um sentido para o bem e não para a punição vingativa como muitos acreditam. E esta justiça divina, apesar de implacável e severa, é reforçada constantemente pelo amor fraterno emanado de Oxúm que auxilia a resignação e aceitação dos seus filhos, no momento em que a Lei de causa e efeito ou então a Lei do Retorno os atingir.


Em termos planetários, veremos muita movimentação política, integração de povos, quebras de conchavos e acordos escusos; a vinda de muitos irmãos para continuarem suas jornadas (nascimentos), a união entre irmão de fé ou filosofias diversas e muito provavelmente a iniciação de novos movimentos neste sentido.


Em termos de fenômenos naturais, infelizmente veremos muitos deslizamento de terra que arrebatará muitas vidas, as grandes tempestades, erupções vulcânicas, entre outros. Infelizmente seremos testemunhas de vários desencarnes coletivos, já que haverão muitos nascimentos. Como sabemos, o planeta possui uma cota de energia criadora e sustentadora dos seres vivos, sendo assim, para que muitos cheguem, outros tantos terão que partir.


Nosso recado para todos nossos filhos, amigos, seguidores é:


- O ano de 2014 vai requerer muito esforço no sentido de se aprimorar através dos estudos, auto avaliação e a comunhão, vai requerer um cuidado redobrado para não infringir o livre arbítrio daqueles que vivem em nosso meio e as leis divinas e vai requerer muita força para manter o equilíbrio e o discernimento antes de julgar ou condenar sendo que, a lei de retorno estará potencializada.


Desejamos à todos um ótimo ano, que ele seja proveitoso, repleto de estudos e aprendizados, amor e união e o mais importante boa vontade.


Abraços e Luz,







Por: TUCAL - Templo de Umbanda Caminho da Luz - Mãe Solange de Iemanjá
Fonte: Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade