26 de mar de 2013

Um dia na Umbanda

preto-velho, umbanda, magia, yorimáUm Trabalho de Umbanda, O que a maioria não vê, às vezes sente... Vale uma boa reflexão... Um bom dia de trabalho na Umbanda é aquele em que a gente participa, esta presente, soma, divide, multiplica, compartilha, doa, recebe, sente, ouve e fala de coisas Divinas e que enobreça a alma e as distribui em bênçãos de Deus, como a atenção, a paz, o bem querer, a vida e o respeito a natureza e ao ser humano, as leis de Deus e a dos homens e o amor, acima de tudo a fé e o amor, levando conforto moral e emocional.... incondicionalmente a todos....


Antes de um Trabalho de Umbanda, e eu entro no nosso espaço Sagrado, olho tudo e vejo o Altar Sagrado, olho em volta vejo tudo acontecendo ao mesmo tempo, marco os passos, e o que esta "em entre linhas" vejo meu guia do dia que já esta apostos, vou até altar e ele esta lá a sua direita, me ajoelho (forma de respeito e humildade) ou (como dissesse estou aqui cuida de mim) e olho o altar e vejo além, a luz Dele "O Pai", e peço compreensão e entendimento, paz de espírito e que eu seja um bom instrumento Dele para auxiliar os menos afortunados, e tudo parece uma dança marcada, uma luta de espadas (quem já lutou sabe), o fim já foi decretado antes da luta, Deus já preparou tudo, um bom combate é travado mente a mente, olho a olho, espírito a espírito, e sempre o vencedor já o sabe que é, e o vencido também, mas ninguém desiste se respeita, se o embate e inevitável ele surgirá, pode ser apenas um dialogo ou pode ir mais longe e papável, seu oponente de um lado e você do outro, podem até se ofenderem mas olhando um nos olhos do outro, cintilam e um tem respeito pelo outro, as vezes até uma certa admiração pelos seus princípios, pela sua História.... e sabe que naquele momento se houver um descuido inverterá esta situação e os adversários o sabem e tem perfeita compreensão disto e a noção do tempo é precisa, na Umbanda de pois de 28 anos eu sei, posso dizer que todos são justos, nas sua causas e anseios, tanto o mal, como o bem, e é claro, isto é muito claro para mim, o bem tem uma conduta e não usa os métodos do mal, ( pois senão seria o mal) o mal por sua vez é sincero dentro do que acredita e sempre usa seus métodos e não usurpa o bem... ele não quer o lugar do bem, e uma batalha de Titãs, ele apenas quer se impor sobre os justos, mais quem é justo, de quem é a verdade, depende dos olhos de quem vê, depende de que lado você está, pois cada um tem uma verdade, e sempre a sua e a mais verdadeira... rsrsr... tudo é uma questão de ótica...


Mas a vitória sempre é do lado da Luz, sim no final será da luz...


A iluminar paixões e corações...


Meu mestre diz assim, o senhor para muitos é o mesmo, só muda os meios, o poder é o mesmo, sai tudo da mesma fonte, então se é para seguir, siga pela luz... pelo menos é mais inteligente, você saberá onde pisa, pois estará enxergando por onde andas, e verás quem esta do seu lado o apoiando e na escuridão você terá o que, terá que tatear, pisar com muito cuidado, não verás por onde andas, para onde andas e com quem andas.....


Bom e Depois de um trabalho de Umbanda, é como um campo... como um bom combate.... você olha tudo em volta e pensa, fiz o melhor que pode hoje, reflete por frações de segundo passa um filme na sua cabeça e descobre onde e como pode melhorar, pois sempre dá para melhorar sempre a espaço para o conhecimento, causa e o bem feito, e sorri por dentro e agradece a DEUS pela luz e amparo, pela força e determinação de ir até o fim.... e pedir, eu peço a Ele que continue iluminando e guiando meus passos, o meu serviço na seara do bem, o meu coração, e tutelando minhas palavras o meu agir.... mais uma passada de olhos, como a se despedir, dizendo com o olhar muito obrigado Pai, muito agradecido por ter a oportunidade de te servir onde vós me colocastes, e como me guiou até aqui, mais uma olhada no Altar Sagrado, e diz mentalmente, no próximo trabalho em seu nome farei, darei o meu melhor, e Pai me guie e ajude-me a fazer sempre o melhor, a ser melhor que eu sou hoje, me colocando no bom caminho, no bom caminho da minha evolução, me ajude a me tornar melhor do que eu sou hoje, como Pai, Esposo, Filho, Irmão, Amigo, Companheiro e pelos meus semelhantes, que eu seja cada vez mais útil ao Senhor, sem ser soberbo, que eu seja humilde em tudo e em receber os seus ensinamentos e seja grande ao pronunciar, falar em seu Nome, e generoso ao repassar o que eu aprendi com o Senhor, dentro de um Templo e com a minha vida, e antes de tudo ser um bom exemplo de retidão, honrando seu nome...


Só minha pequena vivencia, e eu dedico aos meus Protetores, Auxiliadores, aos meus, e a todos, e claro ao povo de Umbanda, que antes de postar alguma coisa ou falar, ou comentar, fale por si só e não pelos outros, e lembre se que muitos estarão julgando a todos os Umbandistas pelo que você pensa escreve e age... e a Umbanda é muito mais e maior do que se julga ou fala dela, e ainda será maior se todos se respeitarem... nas suas diferenças e nas suas peculiaridades....


[important]Por: Paulo A. F. de Campos - Espiritualista e Estudioso da Espiritualidade, Terapeuta Holístico, Mago, Sacerdote, Palestrante e Escritor
Fonte: Universalismo Crístico Brasil[/important]