31 de jan de 2013

Abertura dos trabalhos

preto-velho, umbanda, magia, yorimáSaravá Umbanda!


Esse nego véio recebeu autorização de tentar passar alguns ensinamentos.


Os filhos tem ideia ou pensador de quanto se prepara antes de abrir uma gira ? De quantas espíritos envolvidos na proteção, na firmeza, e no trabalhador para que tenhamos o material suficiente para trabalharmos ?


Venho a muito tempo observando que os trabalhos realizados nos terreiros estão deixando buracos que nos fazem trabalhar muito mais do que seria necessário.


Os buracos não estão na construção física da casa, estão na construção do sentimentos de cada filho responsável pelo seu dever, dever esse, que não será cobrado por nós, e sim por vocês mesmo, que ao ingressarem num terreiro, estão confirmando os votos que assim o fizeram antes desta encarnação.


O dever de cada um deverá ser cumprido por cada um, para que se possa a passos curtos darem a firmeza do que prometeram ao Alto.


Em um trabalho espiritual é muito diferente dos trabalhos que os filhos já realizam no trabalhador material de cada um.


A diferença está naquilo que se propôs dar de si, em favor dos demais.


Não precisamos de muitos médiuns para os trabalhos se realizarem, precisamos de médiuns interessados em fazer o que prometeram.


Vejo que muitos filhos passam a vida procurando não sei o que, quando os filhos já encontraram mas não sabem se entregar ao que deva ser feito. A firmeza de um terreiro não está somente nos materiais de cultos, nos assentamentos, ou na porteira. A maior firmeza está em cada filho que entra no terreiro levando o que há de mais puro em seu peito e em seu pensador que é o amor ao próximo, conforme nosso Pai Maior nos ensinou.


Para que serve os banhos, as velas, a roupa branca, se o pensador e o bate bate não condizem com o proposto.


Filhos lembrem-se sempre, a maior caridade que podemos fazer é ajudarmos nossos irmãos para que ajudemos a nós mesmos.


Todos temos um verdadeiro dever a ser cumprido, não importa a grandeza das obras e sim o significado que ela representa a quem necessita.


E assim esse véio agradece pela oportunidade de ajudar a quem procura a ajuda da alma.


Saravá Umbanda


[important]Por: Pai Joaquim d'Angola - Médium:  Wigder Monteiro Neto
Fonte: Centro Espiritualista Caboclo Pery[/important]